mulher aplicando desengraxantes biodegradáveis para limpeza de peças industriais

O uso de solventes tradicionais à base de querosene, gasolina ou hidrocarbonetos vêm sendo aos poucos substituído por soluções mais modernas, menos agressivas e perigosas: são os desengraxantes biodegradáveis.

Com opções mais sustentáveis e seguras no mercado, os desengraxantes biodegradáveis ganham destaque ao garantir o cumprimento de legislações trabalhistas. É o caso da NR-15 – que regulamenta atividades e operações insalubres, restringindo a exposição dos trabalhadores à agentes químicos insalubres.

Além disso, existem diversas legislações ambientais – a nível federal, estadual e municipal – que também limitam o uso de solventes agressivos.

Desengraxantes biodegradáveis – o que são, afinal?

Desengraxantes biodegradáveis são produtos ecologicamente corretos que não utilizam óleos minerais, metais pesados, cloros ou fenóis em sua composição. São utilizados em procedimentos de limpeza e desengraxe industriais, oferecem boa penetração e remoção de contaminantes garantindo uma limpeza de boa qualidade.

Estes produtos são utilizados para limpeza de equipamentos industriais, máquinas, motores, chassis, estaleiros e oficinas. Eles cumprem com a função de remoção de graxas, adesivos, graxa grafitada e outros.

O uso de desengraxantes biodegradáveis é cada vez mais comum nos mais variados ramos da indústria. E ao contrário do que possa parecer, o aumento de seu uso está relacionado não apenas com o cumprimento com as legislações vigentes ou com o aumento da consciência ambiental.

Por isso elencamos 7 motivos para substituir solventes agressivos por desengraxantes biodegradáveis. Conheça-os:

1 – Sem riscos de incêndio e explosão

Desengraxantes tradicionais são feitos à base de solventes inflamáveis como querosene e gasolina. Assim, estes demandam cuidados especiais na estocagem e manuseio devido ao risco de incêndio e até mesmo de explosão que oferecem.

Já os desengraxantes biodegradáveis muitas vezes são produzidos à base de água e por isso não são inflamáveis, não oferecendo perigo.

2 – Redução considerável dos riscos à saúde

Solventes agressivos podem ser nocivos à saúde, sobretudo quando manipulados sem o uso dos EPIs – Equipamentos de Proteção Individual – adequados.

Entre os possíveis riscos estão reações alérgicas e dermatites. A longo prazo, existem riscos cardíacos, pulmonares, hematológicos. Além disso, estudos recentes evidenciaram a relação entre a exposição a solventes e o desenvolvimento de esclerose múltipla.

Já os desengraxantes biodegradáveis são livres de solventes e metais pesados e por isso não oferecem riscos à saúde de quem os manipula. Mas atenção: ainda assim é preciso usar EPIs ao manuseá-los.

3 – Desengraxantes biodegradáveis desengraxam de verdade

Ao limpar peças e equipamentos com desengraxantes à base de solventes agressivos, as peças terão uma aparência limpa mas não estarão de fato desengraxadas. Isso porque ao utilizar esse tipo de produto, o solvente não evapora completamente, fazendo com que persistam resíduos oleosos na superfície.

Ao optar por desengraxantes biodegradáveis, estes irão desengraxar completamente a peça ou equipamento.

Eles podem ser aplicados com pincel, esponja, pano umedecido, por pulverização ou imersão. Quando usados para limpeza por imersão, as sujidades irão flotar e permanecer na superfície do produto, podendo ser retiradas com uma peneira permitindo que os desengraxantes biodegradáveis sejam usados outras várias vezes.

4 – Solução mais amiga do meio ambiente

Produtos à base de solventes agressivos são de difícil descarte e oferecem graves riscos de contaminação no meio ambiente em caso de algum acidente na manipulação deste após seu uso.

Ao substituir solventes agressivos por desengraxantes biodegradáveis, opta-se por uma solução mais amiga do meio ambiente. Isso porque estes produtos são de rápida decomposição na natureza e não oferecem riscos de contaminação de solos e rios.

5 – Limpeza profunda

Existe uma crença de que produtos biodegradáveis não oferecem a mesma eficiência quando comparados às opções convencionais e mais poluentes.

Tal ideia é sem fundamento: no caso de desengraxantes biodegradáveis estes não perdem em nada no quesito limpeza em comparação às alternativas tradicionais.

6 – Compatíveis com todos os tipos de indústrias

Desengraxantes biodegradáveis não possuem solventes orgânicos ou metais pesados em sua composição, não exalam cheiro fortes e não danificam as superfícies onde são aplicados.

Tais características fazem com que o uso destes produtos seja compatível com todos os tipos de indústrias, inclusive em frigoríficos e indústrias de alimentos em geral

7 – Economia

Outra crença que se estabelece sobre o uso de produtos menos agressivos ao meio ambiente é de que o custo com estes será muito maior quando comparado às opções convencionais.

Ao contrário do que se pensa, optar por desengraxantes biodegradáveis é uma alternativa que traz economia ao processo de limpeza. Isso porque estes produtos são super concentrados e a depender da aplicação podem ser diluídos em proporções de até 1:100 em água.

Além de poderem ser dissolvido, sua aplicação não exige muito esforço físico para esfregar o produto, pois este remove a sujeira facilmente. Assim, o processo de limpeza se torna mais rápido e menos dispendioso.

Conheça a soluções Biolub

A Biolub Química oferece em sua linha com mais de 200 produtos lubrificantes, protetivos industriais, auxiliares de manutenção e desengraxantes biodegradáveis. É uma indústria 100% brasileira preocupada em levar a seus clientes soluções de qualidade e que não agridam o meio ambiente.

Em sua linha de desengraxantes biodegradáveis, a Biolub conta com diversas opões diferentes de desengraxantes industriais, entre elas – Sutax Bio 60, Sutax IP 60 e Sutax Power Cleaning – buscando atender às diferentes necessidades de diversos setores da indústria.

Diferentes razões para optar por uma solução mais sustentável

Como vimos, existem diversos motivos que fazem com que a escolha mais sustentável por desengraxantes biodegradáveis seja feita. Tais razões tangem tanto a saúde do meio ambiente e das pessoas que manipulam estes produtos, como a economia e praticidade oferecida por este tipo de solução.

Em tempos onde a sustentabilidade é pauta nos mais diversos setores da economia, optar por soluções mais equilibradas com o meio ambiente é uma escolha que deve ser feita sempre que possível. Como apresentamos, existem muitos motivos para substituir solventes agressivos por desengraxantes biodegradáveis.

Se você se interessou por esse artigo, sugerimos que continue a leitura e conheça 7 tipos de desengraxante industrial que não podem faltar na sua revenda.