O que é uma empresa metalúrgica?

O que é uma empresa metalúrgica?

O ferro é um dos elementos que mais simboliza a evolução do ser humano. Presente na sociedade desde os tempos antigos, constituindo ferramentas, armas e estruturas, foi trabalhado ao ponto de se tornar uma das bases da sociedade moderna. Um importante precursor das Revoluções Industriais e ainda essencial para o desenvolvimento social. Hoje, apenas com o trabalho de uma empresa metalúrgica com usinagem de metais, vários setores se beneficiam: construção civil, empresas de metalmecânica, automobilísticas e eletroeletrônicas (para citar apenas algumas). E você, sabe o que é e o que faz uma empresa metalúrgica?

fundição em empresa metalúrgica

Antes de entender os conceitos práticos, é importante compreender a posição que esse tipo de indústria ocupa na economia brasileira.

A ArcelorMittal, importante empresa brasileira da área de siderurgia e metalurgia, acaba 2019 com seu maior faturamento da década. Só ano passado, teve US$ 6,7 bilhões em receitas e lucro líquido de US$ 635 milhões. Para se ter uma ideia, sua produção de metal atingiu 10 milhões de toneladas.

Outra das gigantes brasileiras do mesmo setor, a Gerdau está entre as 2000 maiores empresas do mundo e é a 13º maior do país. Sua receita foi de US$ 13 bilhões.

Fato é que, para a realidade do Brasil, uma empresa metalúrgica ocupa um espaço importante. É uma importante provedora de incontáveis famílias e um dos motores que impulsionam o desenvolvimento do país no cenário internacional.

Porém, mesmo quem trabalha na área, pode não entender o todo. Afinal, o que é o que faz uma empresa metalúrgica? Sua prática tão técnica se estende por quais campos de trabalho além de, propriamente, moldar o metal em um produto predefinido?

No artigo de hoje, vamos nos aprofundar no tema e destrinchar tudo sobre uma empresa metalúrgica e a indústria por trás dela. Continue a leitura para aprender!

O que é e o que faz uma empresa metalúrgica?

A metalurgia só se tornou possível após o ser humano dominar o fogo, possibilitando a manipulação do metal derretido. Desses tempos antigos para cá, bastante coisa evoluiu e os processos estão cada vez mais específicos.

Uma empresa metalúrgica pode ter algumas funções e atuar em certos campos do trabalho com metal.

Entre as principais, estão:

  • Produção de ferroligas: Se trata de ligas especiais, dependentes de alta tecnologia para serem produzidas. Possuem ferro e níquel como base, além de outros elementos que potencializam suas propriedades, como o cromo e outros. As ferroligas podem ser superiores ao aço em vários aspectos — e até compor ligas de aço para melhorar suas características.
  • Produção de ferro-gusa: O ferro gusa é obtido por meio da redução do minério de ferro pelo coque ou carvão e calcário em um alto forno. Tem uma alta porcentagem de carbono (acima de 5%) e é utilizado na produção de lingotes, que servem de matéria-prima para ferro fundido e aço.
  • Fabricação de tubos: De forma básica, a produção de tubos das mais variadas medidas e materiais para o uso da indústria. As empresas produtoras trabalham com chapas retas, que são dobradas e cortadas com auxílio de dobradeiras.
  • Produção de metais não ferrosos: São aqueles metais que não possuem ferro, portanto não são magnéticos, como cobre, alumínio, chumbo e zinco.
  • Fundição: Criação de produtos de metal a partir da inserção do material derretido (líquido) em um molde com medidas predefinidas.
  • Siderurgia: Se trata do tratamento e fabricação de aços e ferros fundidos.

Esse setor da indústria se destaca justamente por abranger todo um ecossistema de tratamento com o metal. Uma empresa metalúrgica pode não apenas atuar em desses campos acima, mas em vários — como é o caso da Gerdau, citada anteriormente.

Porém, uma dúvida persiste: como uma empresa metalúrgica faz o seu trabalho? Afinal, nem todas elas prestam o mesmo tipo de serviço. Algumas se especializam no campo da fundição, outras na soldagem.

Abaixo, explicaremos um pouco mais sobre esse assunto. Confira!

Os tipos de empresas metalúrgicas

É certo dizer que boa parte das empresas metalúrgicas são B2B. Ou seja, produzem e vendem para empresas, que então utilizam o seu produto para produzir algo a um cliente final.

O motivo é claro: o metal não é um produto com muita abertura no dia a dia das pessoas. Pelo menos, não em suas formas mais brutas.

Empresas de utensílios (como grelhas, espetos) ou talheres (garfos, facas) compram o metal já preparado de siderúrgicas e apenas fazem o seu acabamento, conferindo a forma final do produto.

No entanto, esse meio de campo é povoado de diversas especialidades. Conheça as principais:

Soldagem

O processo que usa do calor para unir duas partes de metal com auxílio de um metal de solda, despejado como elemento de união das peças no local indicado. É essencial em de toda indústria, em especial para a metalmecânica, automobilística, naval, aeronáutica e muito mais.

Há ainda suas variações, como a solda por pressão, a laser, por fricção e até por explosão.

Fundição

Anteriormente abordado, o ofício de uma empresa metalúrgica de fundição é criar produtos de metal a partir da inserção do material em um molde. Esse é um processo bastante utilizado para se alcançar formatos que seriam difíceis (e caros) por meio da usinagem.

Usinagem

Pouco falamos da usinagem até aqui, mas é uma das forças-motrizes da indústria metalúrgica. A usinagem é o processo de trabalhar uma peça metálica bruta com ferramentas de corte e desbaste horizontal, vertical e helicoidal. O objetivo é dar forma à peça, conforme desenho mecânico.

Justamente por isso, é um processo de certa complicação técnica. Além da expertise do operador da máquina (que, hoje em dia, pode ser automática), é necessário contar com o auxílio de produtos químicos que facilitem o cenário de usinagem.

A lubrificação industrial é uma das peças principais do quebra-cabeça da usinagem.

Para que a usinagem seja assertiva e o chão de fábrica produtivo, a empresa metalúrgica precisa ficar de olho nos sistemas e produtos de lubrificação utilizados. A eficiência da lubrificação impacta toda cadeia produtiva, melhorando os resultados da companhia.

Uma dica para essas empresas é criar um plano de lubrificação que as auxilie na manutenção do seu maquinário e dos processos de usinagem.

Dessa forma, ela garante máxima eficiência na criação de peças metálicas!

 

Após a leitura, você conseguiu entender melhor o que é e o que faz uma empresa metalúrgica? Esperamos que sim!

Para complementar seus conhecimentos, que tal aprender mais sobre um tema mais específico da indústria: o armazenamento de produtos de lubrificação industrial? Clique aqui e leia já!

Deixe um comentário