5 coisas sobre engrenagem que você talvez não saiba

5 coisas sobre engrenagem que você talvez não saiba

A engrenagem é um dos componentes mecânicos mais conhecidos do mundo há vários e vários anos. Sinônimo de agilidade e produtividade, a peça foi essencial em várias situações de avanço da sociedade, como nas Revoluções Industriais. Hoje, é um item tão comum que muitos até esquecem sobre toda complexidade que cerca sua fabricação. Para quem trabalha na indústria e conhece o dia a dia de um setor de usinagem, compreendê-lo é obrigação.

engrenagem

Mais que isso, na verdade, trata-se de entender um pouco mais sobre essa peça tão essencial para o desenvolvimento humano e que existe há milênios.

Neste artigo, vamos explorar um pouco mais sobre os fatos e algumas curiosidades sobre a engrenagem. Pronto para aprofundar seus conhecimentos? Então siga na leitura conosco!

Engrenagem: 5 curiosidades e fatos sobre essa peça

A engrenagem é um elemento mecânico usinado em aço ou plástico e projetado para rotação e torque sobre eixos. Dessa forma, promovem uma força (potência) que desencadeia o movimento (retilínea, horizontal, vertical, circular ou transformações de movimento).

Se tratam de peças dentadas que funcionam, no mínimo, em pares. Seu funcionamento é teoricamente simples: os dentes de uma engrenagem se encaixam nos espaços entre os dentes da outra engrenagem.

A maioria delas tem o formato circular, porém há modelos não-circulares bastante utilizados.

Sobre isso, falaremos mais logo adiante. Para continuar seu aprendizado, confira nossa lista de coisas que você precisa saber sobre a engrenagem.

1. Existem incontáveis desenhos diferentes de engrenagens

Como adiantamos, o formato geral da peça costuma ser circular. No entanto, nem todas as engrenagens são iguais no que diz respeito ao desenho de seus dentes.

Esse fator é o que as diferencia tanto uma das outras e proporciona diferentes movimentos. Conheça as principais!

Engrenagem Reta

Do tipo mais comum e de menor preço entre, a engrenagem de dente reto é empregada em sistemas de baixa ou alta rotação, dispostas paralelamente em relação ao eixo, conectando os dentes de uma a outra.

Sua finalidade é realizar a variação na força e velocidade dos eixos, normalmente feito com um jogo de engrenagens de raio diferente.

São fáceis de instalar e encontradas em várias aplicações, como motores de carro e mesmo relógios. Sua desvantagem é que, em alta rotação, costumam emitir bastante ruído.

Engrenagem Cônica

A engrenagem cônica (com os dentes em espiral) possui dentes curvos e inclinados sobre a superfície da peça. Aplicada em um ângulo de intersecção de 90º entre as duas peças, essa engrenagem serve para mudar a rotação e a direção da força.

Costumam suportar cargas pesadas e funcionam muito bem em aplicações que necessitam do aumento de velocidade, como em motores de carro e em máquinas de mineração.

Engrenagem Helicoidal

Com dentes compridos e em sentido helicoidal, dispostos no sentido transversal e em formato de hélice, ela aproveita muito bem empregada.

Assim, é um modelo bem útil em sistemas de alta velocidade e cargas pesadas. Um exemplo de aplicação é em máquinas industriais pesadas.

Engrenagem Hipóide

A engrenagem hipóide pode ser considerada um tipo de engrenagem cônica espiral. Sua principal diferença é que os eixos não se cruzam. Ou seja, pode ser utilizada para transmitir movimento de um eixo vertical a um horizontal, entre outros.

Cremalheira

Os dentes da cremalheira são dispostos de forma retilínea, numa barra ou peça reta. São bastante utilizadas em portões elétricos, onde uma engrenagem reta gera o movimento para um lado e para o outro do portão, que tem uma cremalheira em sua base.

2 Uma engrenagem só é eficiente com a lubrificação certa

Uma coisa que é certa no trabalho de um sistema de engrenagens é o atrito. É a base do sua função.

Como falamos de aplicações pesadas, é preciso sempre pensar na lubrificação adequada. Afinal, sem isso, o metal que compõe a peça pode sofrer as consequências e pode haver riscos e prejuízo para sua empresa.

Entre as propriedades que definem qual óleo lubrificante industrial é adequado para suas engrenagens, estão a viscosidade e o pacote de aditivos do óleo em questão.

3. A engrenagem veio antes do homem?

Quando falamos que a engrenagem é uma invenção milenar, não estávamos exagerando.

Na verdade, a peça pode ser considerada como anterior à nossa espécie. Isso mesmo! Um grupo de cientistas descobriu que um inseto possui um mecanismo igual à engrenagens em seu corpo, que possibilitam sua movimentação e absorvem o choque.

O sistema de “engrenagens naturais” do inseto é perfeito para que evite ataques de predadores.

4. Menor engrenagem do mundo vai para o Guinness

Um grupo de cientistas do IMRE (Instituto de Pesquisas e Engenharia de Materiais) de Cingapura desenvolveu, em 2011, engrenagens moleculares.

Elas são tão pequenas que, enfileiradas em lado de um fio de cabelo humano, somariam 100 mil unidades. Por isso, ela entrou no Guiness Book, o livro dos recordes.

As “nanoengrenagens” são importantes para o desenvolvimento de tecnologia nano, como os nanorobôs. O curioso é que são peças controláveis, feitas da união de uma piridima e cinco anéis de fenil conectados a um fenil planar central.

5. Há uma engrenagem em quase todo equipamento que executa movimento

Mais fato que curiosidade, mas faz qualquer um pensar na importância dessa peça.

Há uma engrenagem em praticamente toda máquina que desempenha movimentos, independente do tipo. Como já citado, o portão elétrico, tão comum em casas e prédios, é um deles.

Em uma planta industrial, essa relevância é ainda maior. Para uma correta usinagem de metais, por exemplo, é essencial que a máquina utilizada tenha uma caixa de engrenagens no mais perfeito estado — e isso significa, claro, a sua lubrificação.

Potencialize a vida útil de suas engrenagens

Não são todas as engrenagens que custam caro. Dependendo do tipo, você encontra por um preço extremamente acessível.

No entanto, uma coisa é certa: a sua engrenagem vai desempenhar um importante papel no sistema, independente de qual for. Do portão ao avião.

Por isso, a manutenção é essencial. Limpeza e cuidados básicos, como a lubrificação eficiente, são obrigação do responsável pelo equipamento.

Assim, você potencializa a vida útil da peça e mantém sua performance lá no topo.

E você, em dúvida sobre qual óleo lubrificante para engrenagem escolher? Nós, da Biolub, podemos usar nossa expertise para lhe indicar os melhores produtos. Entre em contato conosco e descubra mais!

Deixe um comentário