ferramentas organizadas e com boa manutenção

Você sabe como tirar ferrugem de ferramentas? Ao longo da sua vida útil, é muito comum que os instrumentos feitos de metais ferrosos acabem se oxidando com o tempo.

Além do processo natural de corrosão do material, circunstâncias agravantes como a alta umidade relativa do ar e a falta de manutenção podem comprometer a vida útil do objeto.

Para atenuar o impacto da oxidação, é importante sempre manter as peças limpas, organizadas e com a manutenção em dia. Veja como tirar ferrugem de ferramentas e descubra o que você pode fazer para retirar as camadas já oxidadas das peças, a fim de prolongar a durabilidade de cada item.

Antes de tudo, avalie o grau de oxidação para definir como tirar ferrugem de ferramentas

Antes de tomar alguma medida para a remoção de ferrugens, é bom verificar qual o grau de degradação da peça.

É comum a confusão entre os termos oxidação, corrosão e ferrugem. Porém, ainda que estejam correlacionados, esses termos não são equivalentes e podem causar confusão sobre como tirar ferrugem de ferramentas.

A oxidação é um processo natural de perda de elétrons de um material para outro. No caso de peças metálicas ricas em ferro, os agentes oxidantes mais comuns são o ar e a água presente na forma de vapor na atmosfera. É o início do processo de degradação.

A corrosão é o processo de desgaste desencadeado pela oxidação. Quanto mais oxidada uma superfície, maior é a sua tendência a perder elétrons. Por isso é importante prevenir a corrosão ou tratá-la logo de início. Dependendo do quão avançado estiver o processo de corrosão, pode ser impossível a recuperação da peça.

Já a ferrugem é, na verdade, o hidróxido de ferro, que é uma camada avermelhada que se forma quando os metais ricos em ferro começam a oxidar. Essa camada compromete a resistência do material, podendo inutilizar a peça.

Para preservar as peças, faça a manutenção periódica das ferramentas

Em geral, ferramentas podem ter grande longevidade. No entanto, para garantir a vida útil desses itens, são necessárias medidas de manutenção além de saber como tirar ferrugem de ferramentas. Essas medidas incluem limpeza e e em alguns casos a aplicação de protetivo industrial,  periodicamente (de seis em seis meses, por exemplo). Neste caso, trata-se de uma proteção temporária, já que o fluido lubrificante pode ser removido com desengraxante.

Outro método comum de proteção de ferramentas contra a corrosão e a oxidação é a aplicação de revestimentos, tais como tintas ricas em zinco ou camadas de epóxi. Nesse caso, ocorre a proteção definitiva. Em quaisquer situações, é importante manter as peças limpas. Para isso, podem ser utilizados alguns tipos de desengraxantes.

É fundamental que as peças sejam armazenadas de modo organizado em algum local seco, à temperatura ambiente. Isso ajuda a evitar a umidade e previne a oxidação.

No entanto, as situações citadas acima funcionam bem para o caso de as ferramentas ainda não estarem muito enferrujadas. Mas como tirar ferrugem de ferramentas? Acompanhe nos tópicos a seguir:

Providencie a limpeza adequada da superfície

Antes de realizar qualquer procedimento de remoção de ferrugem, deve-se limpar a superfície a ser tratada.

A superfície metálica, para ser considerada limpa, precisa estar livre de restos de tinta, fuligem, poeira, umidade, graxas e óleos, assim como camadas soltas de ferrugem e outros contaminantes que possam impedir ou comprometer a penetração do produto protetivo.

A remoção da camada mais grosseira de ferrugem da superfície das ferramentas pode ser feita manualmente, com o auxílio de lixas, espátulas ou escovas de aço. Após esse procedimento, é recomendável a aplicação de produtos capazes de estancar o processo de oxidação e corrosão na peça.

Aplique um bom produto anticorrosivo

A melhor alternativa para impedir a degradação de qualquer peça metálica que já esteja passando por reações de oxidação é interromper o processo de corrosão. Para isso, deve-se utilizar um convertedor de ferrugem ou um neutralizador de ferrugem, que podem ser aplicados à superfície com auxílio de pincéis.

O convertedor de ferrugem deve ser utilizado como um primer para a aplicação de outros produtos, tais como esmalte sintético e pode ser aplicado diretamente na superfície em questão. Já o neutralizador de ferrugem é empregado em superfícies que necessitem de limpezas mais profundas (decapagem, desengraxe e fosfatização), e pode ser utilizado em conjunto com a galvanização a frio para oferecer uma proteção extrema.

Lembre-se de que o anticorrosivo é um produto químico industrial. Ou seja, use sempre as devidas proteções (EPI) para evitar dermatites ou acidentes como intoxicação por inalação acidental ou penetração do produto através da pele. Use luvas apropriadas para essa finalidade quando for aplicar esses produtos em suas ferramentas.

Outras opções mais caseiras são:

  • Limpar a ferramenta com algum produto diluente e raspar a ferrugem com palha de aço, aplicando protetivos industriais após a secagem da peça;
  • Mergulhar a ferramenta em ácido cítrico em pó diluído em água quente;
  • Usar removedores químicos de base ácida.

Além disso, outras ações podem ser adotadas para preservar suas ferramentas por mais tempo, tais como:

  • Uso: pode parecer óbvio, mas nem sempre as ferramentas são utilizadas para a função para a qual foram criadas. Assim, use o martelo para martelar, a chave de fenda para aparafusar e assim por diante. Isso irá ajudar a prolongar a vida útil de suas ferramentas;
  • Manutenção: periodicamente, é importante aplicar óleo anticorrosivo e limpar as peças com desengraxante industrial. No caso de ferramentas de corte, é importante também mantê-las afiadas para evitar que percam o fio;
  • Armazenamento: guardar as ferramentas secas e limpas em local seco e apropriado, tal como uma caixa organizadora.

Lembre-se: para definir como tirar ferrugem de ferramentas é preciso, primeiro, avaliar o estado da peça. Dependendo do grau de degradação da ferramenta, talvez a recuperação total não seja possível, sendo necessário descartar o item. Por outro lado, se a recuperação for possível, deve-se limpar adequadamente a superfície para garantir que o anticorrosivo penetre bem no material e só guardar a ferramenta depois de devidamente limpa e seca.

Agora que você já sabe como tirar ferrugem de ferramentas sem estragar a peça, aproveite para ler nosso artigo sobre como fazer uma boa limpeza em superfícies oxidadas.